domingo, 24 de abril de 2011

Desabafo


EU já não posso mais me levantar, sair da "lama" agora não faz parte dos meus pensamentos.
As mentiras castigam minha consciência e sempre me dizem que não sou capaz de fazer o que preciso fazer no meu dia a dia.

EU já não posso mais me erguer, cair novamente não faz parte dos meus pensamentos.
A Ingenuidade castiga meu coração, e bate forte dizendo que levantar é em vão!

Eu já não posso mais me pronunciar, Estender a mão agora não faz mais parte dos meus pensamentos.
O Medo não me permite errar novamente!!!
Não quero me levantar novamente, seguir o "melhor" caminho e ver que errei o atalho.
Errar o caminho e ter de voltar tudo novamente, erguer a cabeça e esquecer que você não pode mais ir para o tal "céu", deixar os pensamentos serem levados pelas palavras bíblicas e ter de concordar, porque não sabe a verdade, ter de acreditar em um JUSTO que talvez não exista, ter de viver trancafiado, vendo o inferno a dois metros dos seus olhos, esquecer que você esta vivo e ser confundido com um animal por alguém superior", ser escravo de alguém, sendo que você também é um alguém importante para o nosso Deus.

Até onde vai o pensamento de superioridade do ser humano?
Eu não quero mais ir embora deste inferno, agora eu faço parte dele, eu pelo inferno e o inferno por mim..
Seja bem vindo este é o mundo dos Homens, onde quem tem mais capital manda em quem precisa dele para sobreviver,
Onde o mais soberbo é bem mais bem visto do que Próprio Deus.

Eu já não posso mais rezar, por que rezar para um "ser" que não existe, não faz mais sentido para minha cabeça, chorar por uma causa que não faz mais sentido para o meu coração, me angustiar por alguém que não merece.

Repassar uma mentira genial para frente, esquecer seus princípios e deixar que um livro escrito a milhares de anos comande seus dias, mas ele não comanda o mundo desastroso em que vivemos, porque ele não tem sentido , porque estamos aqui?

Deixe-me tirar esse rancor de dentro de mim, por que eu não sei mais por onde "enfio" minhas pernas, não sei mais por onde eu piso em falso, não sei mais por onde eu tento me ressaltar, não sei mais por onde eu tento achar o JUSTO que talvez não exista, mas eu procuro por uma vida melhor, e mesmo assim ainda sei que eu o acharei, mas sei que posso me arrepender, com o que eu posso achar.

Está dificil conviver conosco mesmo, nós estamos nos destruindo.
Nós estamos nos rebaixando, nós estamos nos esquecendo que aquele velho ditado sempre nos servira justamente.
" Nem igual nem melhor do que ninguém, apenas diferentes! "

O ser humano é uma cobiça ambulante, quanto mais tem mais acha que precisa de mais para ser melhor do que aquele que quase não tem, quanto ao que menos têm, sempre acha que já é o suficiente.

2 comentários:

  1. Oii, querido! Ótimos textos os seus, como sempre! Meus parabéns e continue assim!!

    Ah! Muito obrigada por seguir meu blog novo!!! Comente lá! Eu o atualizei!! ^^

    Postei sobre uma cantora anglo-francesa, chamada Charlotte Gainsbourg!
    http://artes-e-entretenimento.blogspot.com/2011/05/novos-talentos-musicais-charlotte.html

    RIOT CULT Kisses!! rs... ^^

    ResponderExcluir